4.17.2017

Espalhe o amor! (Copyright ©)

Related image

Amor? Onde estão as pessoas que ainda fazem jus a essa palavra? Cada dia eu vejo mais ódio, dor e lágrimas esparramadas por esse chão, mas nada que venha me provar que o amor ainda exista. Sangue escorrendo pelo rosto de pobres crianças, que são carregadas por seus pais. E o velho chefão, sem mais nem menos, os jogam mais uma vez contra a parede. Parede fria, manchada de lembranças ruins. E o coração doí, por perder alguém.

Desespero no olhar, de quem quer gritar: Socorro! Mas nada diz. A voz falha, de quem  não bebe água a dias, mas protege o companheiro num abraço, como se fosse o lugar mais seguro. É, talvez ainda exista amor, na alma de quem ainda acredita na paz.

Onde estão todos que diziam ter esperanças de um mundo melhor? Por que não vejo no jornal pessoas comentando sobre o terror que passa pelos olhos da população? Mais do que nunca o mundo precisa de um abraço, do calor humano para o curá-lo. Para pôr um band-aid nas feridas e dizer que nunca é tarde demais para levantar e seguir em frente, esquecer os erros.

Vivo em um mundo paralelo, onde cada um tem sua própria bolha, e ninguém se mete até que a sua seja ameaçada de estourar, que você seja ameaçado de cair do mais alto penhasco que subira. Um mundo paralelo que sorri quando o outro sofreu, mas chora quando não conseguiu comprar mais um produto para chamar de seu, para esfregar na cara de qualquer um que queira o subestimar. Porque é assim que é o mundo de hoje, sempre querem estar acima de você, não importa o custo disto.

Eles querem encostar no sol, mesmo que ele possa o matar.

Fonte da imagem: google

Nenhum comentário:

Postar um comentário