10.19.2016

Meu primeiro piercing doeu?



( Respondendo perguntas recentes sobre meu piercing )

"Mas por que é importante saber esses nomes difíceis quando for furar?"
Para que não ocorra nenhum erro, para que o perfurador não entenda errado onde você quer e o resultado não seja como o esperado, então sim, é importante ao menos você souber indicar onde fica localizado.
A primeira coisa que você deve saber antes de furar é onde você quer furar, por exemplo para quem quer piercing na orelha, saiba que existem milhares de tipos, olhem:

Image result for nome do piercing na orelha
Fonte da imagem: google

E no meu caso, eu furei a Helix, ali do ladinho da orelha, e sim gente, é cartilagem. 
Engajando a palavra cartilagem, vem ai o que muitos me perguntam:

"Doeu muito para furar ai? Parece doer só de beliscar." 

Quem já tem o segundo furo na orelha vai me entender melhor porque eu os digo: é a mesma dor. Quase nenhuma, pelo menos para mim. Algumas pessoas falaram que doeu horrores, mas não foi meu caso, porém vale lembrar que dor é um pouco psicológica.

"Quanto você pagou? Onde foi?"

Paguei R$50,00, sendo perfuração+piercing no estúdio Vintage. Eu particularmente não tenho nada a desejar deles, foram realmente incríveis e simpáticos comigo.

"Quais são os cuidados que você teve?"

Com perfuração na cartilagem devemos ter cuidados especiais, que normalmente não se tem quando se fura a orelha, afinal, a cartilagem é muito mais fácil de pegar uma bactéria e você pode facilmente perder a orelha. Então os cuidados que tive foram alguns com a alimentação ( aqueles que normalmente já temos ) e passar um cotonete com sabonete liquido Protex e espirrar merthiolate no local, movimentando o piercing devagar. É bom destacar que não é recomendado ficar tendo contato direto com o piercing, nem sair muito no sol, piscina e etc.

Vale lembrar: não sou nenhuma profissional, pelo contrário, vim compartilhar minha experiência com vocês.

Fonte da imagem: Patricia Poltronieri ( Instagram, Twitter, TumblrFacebookYoutube)

Nenhum comentário:

Postar um comentário