5.03.2016

Sentimentos entre linhas (Copyright ©)




Sentimentos entre linhas

Nessa semana aprendi a lidar com dois sentimentos, os mais difíceis na minha opinião. Primeiro, senti a melhor de todas as sensações que o ser humano pode sentir, o amor, o poder de amar e ser amado. Como é? Uma das melhores, eu os garanto, como milhares de borboletas em seu estômago voando alegremente. Mas, assim de repente, de uma hora pra outra, descobri que não é tudo um mar de cores e sabores. A vida é complicada, não é mesmo? A dor tem que ser sentida e na mesma semana que descobri como é ganhar alguém, também descobri como é perder alguém. É como ter o mundo derretendo em suas mãos, passando entre seus dedos, escorrendo pela sua alma e deslizando pelo chão frio. Frio como o coração de alguém que talvez nunca amou. É uma dor profunda, que provoca um nó na garganta e um mar nos olhos, mais conhecido como lágrima. Aproveitamos cada momento, ou talvez nem isso, mas foram significantes. Pelos menos pra mim foram, mas qual o valor da felicidade? Qual sua definição pra ela? Eu não sei, talvez eu nunca tenha sido feliz de verdade, vai ver nunca fomos. Quem sabe, ninguém realmente foi. Depende da sua definição...

Fonte da imagem: google

Nenhum comentário:

Postar um comentário