5.19.2016

Prisioneira especial (Copyright ©)



Prisioneira especial 

Tão pequena e graciosa,
delicada e cuidadosa,
ela voa por ai.

Pousando de flor em flor,
espalhando muito amor,
é, mas existem seres humanos ruins.

Lhe guardam em um vidro,
isolado, escondido.
Onde não há natureza,
ela está presa.

Qual a diversão que veem
em manter um animal de refém?
Mal pode respirar,
quem me dera se procriar.

Temos o mal hábito de achar que tudo é nosso,
que tudo deve ser guardado para que podemos ver.
Isso é tão errado,
por mais que possa não parecer.

Deixe-a livre a sobrevoar,
junto aos passarinhos que estão a cantar e,
tudo se resolve então,
elas nunca vão parar.

Fonte da imagem: google

Nenhum comentário:

Postar um comentário