5.13.2016

Dia de outono (Copyright ©)



Dia de outono

O frio se aconchegava em casa e,
Junto com ele, 
Meu coração batia quentinho contra meu peito.
Sem jeito,
Te vi e sorri. 

As folhas caindo lá fora, 
Você me chamou pra irmos na cafeteria,
Mas e agora?
Nem sabia como me vestir, mas sai.

Sai porque os pássaros cantavam,
Seus olhos, me olhavam,
E admito, não resisti.

O verde de seus olhos,
Observando o traço no papel,
Foi a coisa mais linda que já vi.

É, eu te vi,
Mas apenas sorri.
O resto?
Um conto de fadas, do qual não vivi.


Nenhum comentário:

Postar um comentário